Pular para o conteúdo

TV Brasil fez série sobre lipedema

Lipedema

Conheça os sintomas do lipedema, doença crônica pouco conhecida.

Junho é o mês de conscientização para o lipedema. Doença crônica pouco conhecida, ela pode ser a causa do inchaço e acúmulo de gordura nas pernas.

O problema atinge principalmente as mulheres, já que é ligada ao hormônio estrogênio. Saiba quais os sinais da doença.

YouTube video

Fonte: TV Brasil

Você sabe o que é lipedema?

Junho é o mês de conscientização para o lipedema. Doença pouco conhecida e que afeta muitas mulheres, por estar relacionado ao estrogênio, causando acúmulo de gordura nas pernas e pele sensível. As mudanças podem provocar também lesões nos joelhos, além de ansiedade em um nível mais elevado.

Segundo o especialista, é fundamental saber diferenciar os casos de lipedema dos casos de obesidade, para que o tratamento correto seja aplicado.

YouTube video

Fonte: TV Brasil

Diagnóstico correto facilita dia a dia de mulheres com lipedema

Você sabe o que é lipedema? A inflamação, relacionada com o estrogênio, e por isso muito mais comum entre as mulheres, provoca o acúmulo de gordura nas pernas e deixa a pele da região muito sensível. O peso das pernas gera fadiga, problemas no joelho, além de ansiedade e estresse.

Por falta de um diagnóstico correto, muitas mulheres com lipedema são confundidas com mulheres obesas, e são submetidas a dietas e até a cirurgia bariátrica. Para diminuir os erros de diagnóstico, o mês de junho é dedicado à conscientização sobre o tema.

YouTube video

Fonte: TV Brasil

Doença pouco conhecida, lipedema pode ser causa de inchaço nas pernas

O inchaço e acúmulo de gordura nas pernas, principalmente em mulheres, é sinal de uma doença crônica ainda pouco conhecida: o lipedema.

Junho é o mês de alerta sobre o problema, que está relacionado ao hormônio estrogênio.

YouTube video

Fonte: TV Brasil

nv-author-image

Dr. Alexandre Amato

O Dr Alexandre Amato é médico, professor de cirurgia vascular da Universidade de Santo Amaro (UNISA), e tem quatro especialidade médicas reconhecidas pelo MEC e respectivas sociedades: cirurgião geral, cirurgião vascular, angiorradiologista e ecografista. Formou-se na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e especializou-se em vários hospitais privados e públicos em São Paulo. Aprofundou-se em cirurgia vascular em Milão, no hospital San Raffaele da Università Vita-Salute. Quando voltou, fez seu doutorado em cirurgia cardiotorácica na Universidade de São Paulo (USP). Fundou a Associação Brasileira de Lipedema para divulgar conhecimento de qualidade às mulheres portadoras de Lipedema.

1 comentário em “TV Brasil fez série sobre lipedema”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.